Posts com Tag ‘O Hobbit’

hellboyii

Guillermo Del Toro é competente, tem um bom elenco e uma história complexa nas mãos. Pancadaria e mitologia se misturam na segunda aventura do Vermelhão.

A chegada de Hellboy aos cinemas provou o carisma do herói infernal que, com a ajuda de Ron Perlman, se tornou um personagem com a cara do cinema de ação atual. Depois da ótima recepção de seu primeiro filme, ele retorna à carga com Hellboy II – O Exército Dourado. Além de grandes níveis de ação, o longa traz um subtema explorado com impacto e excelência pelo diretor Guillermo Del Toro: a relação entre o ser humano e a natureza.

(mais…)

Anúncios

hellboyii

Guillermo Del Toro é competente, tem um bom elenco e uma história complexa nas mãos. Pancadaria e mitologia se misturam na segunda aventura do Vermelhão.

A chegada de Hellboy aos cinemas provou o carisma do herói infernal que, com a ajuda de Ron Perlman, se tornou um personagem com a cara do cinema de ação atual. Depois da ótima recepção de seu primeiro filme, ele retorna à carga com Hellboy II – O Exército Dourado. Além de grandes níveis de ação, o longa traz um subtema explorado com impacto e excelência pelo diretor Guillermo Del Toro: a relação entre o ser humano e a natureza.

(mais…)

Posso sair na rua agora, falar com meia dúzia de pessoas e alguém vai filmar e colocar no YouTube em menos de 5 minutos. Tudo é mais fácil para os fãs hoje – Andy Serkis

Dois vilões distintos, dois livros fantásticos e um só ator. Andy Serkis deu vida a Sméagol e Gollum em O Senhor dos Anéis e agora encarna outro psicopata alucinado em Coração de Tinta, filme no qual interpreta Capricórnio. Fui até Londres conversar com o ator que recriou King Kong e, em breve, estará nas telas com As Aventuras de Tin Tin.

De onde você tira toda essa intensidade para seus personagens?
Vou meio para o tudo ou nada. Acho que se não me transporto para cada personagem, não vou ficar satisfeito com o trabalho e estar ali deixa de ter sentido. É uma espécie de modo de trabalho capaz de aplacar minha própria necessidade por motivação. Nunca farei um filme só por fazer. Preciso estar 100% envolvido com aquela situação. Mas muito disso se faz necessário para o personagem, por exemplo, Capricórnio é um sujeito movido pela vingança contra um mundo no qual ele não passa de um mau-feitor sem futuro, assim como muitos ditadores. A maioria deles foram subestimados ou ignorados, então a resposta sempre surge com força no outro extremo. Ele é motivado pelo medo, mas, no fundo, teme perder seu poder e, com isso, voltar a ser um Zé Ninguém. Assisti muitas coisas de Adolph Hitler para ajudar a compor Capricórnio.

(mais…)

xfiles.jpg

Por favor, não me xinguem. Não desta vez! =D

Fui assistir ao filme Hellboy II – The Golden Army na última quinta-feira, lá no Arclight, o cinema predileto da Paramount em LA. Puxei papo com um casal que ocupou as poltronas ao meu lado e, convenientemente, o sujeito era editor de som da Fox Film. Até pelo fato de estarmos ali para assistir ao segundo filme do Red, falamos muito sobre Del Toro, O Hobbit e dos outros blockbusters nerds. Até que, por alguma razão, Arquivo X – Eu Quero Acreditar entrou em baila.

Pude notar a cara de desânimo do rapaz e aí veio a confirmação sonora:

“Cara, é ruim. O pessoal ficou até desanimado com reação da exibição. O sujeito do marketing ficou constrangido, sério. Claro que os fãs vão adorar qualquer coisa envolvendo aqueles dois [Mulder e Scully], mas é fraco demais.”

Fiquei cabreiro com o comentário. O cara não me conhece, não tinha razão para inventar história e ainda mais da empresa em que trabalha. E, levando em conta o fato de que ele trabalha com filmes, sai pouco para ir ao cinema e se deu ao trabalho de ir até o cinema para assistir Hellboy 2, não se trata de um espectador qualquer e que tenha problemas com o gênero da FC&F. Será mesmo?

Não sei e não compartilho da opinião, afinal de contas, só poderia dizer algo quando assistir ao filme. Pode não ser absolutamente nada, mas achei legal compartilhar isso com vocês.