Posts com Tag ‘Jornada nas Estrelas’

nimoy

Leonard Nimoy, Jamie Foxx são os entrevistados do segundo capítulo do SOS Hollywood versão PodCast. Confira comentários sobre UP – Altas Aventuras, 24 Horas, House e The Big Band Theory.

Terremotos, finais de temporada, filmes maravilhosos e péssimos, tudo isso aconteceu nessa semana. Então lá vai mais uma edição do SOSCast, com entrevistas em áudio com Leonard Nimoy e Jamie Foxx, além de trilha sonora do próprio Nimoy, Survivor e uma surpresa saída da trilha de Finding Forrester.

(mais…)

Zachary_03_002_v01

Agora que Sylar encontrou seu caminho, não há mais volta para ele.
– Zachary Quinto

Disparado um dos melhores atores do elenco de Heroes, Zachary Quinto recebeu o SOS Hollywood para uma entrevista exclusiva para falar sobre Spock, Sylar, amizade com Leonard Nimoy e contar um pouco mais sobre o homem por trás de dois dos personagens mais comentados nesse ano. Afinal, Sylar é vilão ou herói? E como o novo Spock encara seu papel em Star Trek?
(mais…)

Zachary_03_002_v01

Agora que Sylar encontrou seu caminho, não há mais volta para ele.
– Zachary Quinto

Disparado um dos melhores atores do elenco de Heroes, Zachary Quinto recebeu o SOS Hollywood para uma entrevista exclusiva para falar sobre Spock, Sylar, amizade com Leonard Nimoy e contar um pouco mais sobre o homem por trás de dois dos personagens mais comentados nesse ano. Afinal, Sylar é vilão ou herói? E como o novo Spock encara seu papel em Star Trek?
(mais…)

79877

Maior fã-clube de Guerra nas Estrelas do Brasil completa 10 anos, grandes realizações e muita história para contar. Conheça um pouco dessa história.

Muito antes do plano de dominação das mídias (by @JurandirFilho) começar, eu era apenas um jovem estudante de jornalista, fanzineiro apaixonado por Guerra nas Estrelas. Em 1996, comecei a editar o Intrepid, bimestral impresso no qual eu descarregava minha nerdice e descobertas sobre aquele maravilhoso universo inventado pelo Flanelado [ também conhecido como George Lucas]. Internet era novidade e o Intrepid era diagramado a duras penas, escrito nas madrugadas e impresso na Xerox mais próxima. Depois começava a batalha para vender os exemplares. Afinal, onde estavam os fãs de Guerra nas Estrelas?

(mais…)

spock

Um novo capítulo na história da ficção mundial foi escrito por JJ Abrams. A partir de maio de 2009, Star Trek deixa de ser monopólio do capitão James T. Kirk e inicia, literalmente, uma nova jornada em direção ao infinito, mas, dessa vez, com foco no vulcano mais famoso da Federação: Spock.

(SPOILER ALERT)

(mais…)

Cresci com o surgimento da Globalização, a grande integração mundial, do globo terrestre. Hoje, por conta dessa mesma globalização, uma parte da cultura morreu. Pelo menos no que diz respeito à memória da minha geração:

– Não existe mais Guerra nas Estrelas (agora é Star Wars), Moranguinho virou Strawberry Shortcake, He-Men não luta mais ao lado dos Mestres do Universo, mas dos Masters of the Universe e o Mentor passou a ser chamado Man-at-Arms (nome original). Para sacramentar a coisa toda, o próximo filme estrelado pelo Capitão Kirk é oficialmente Star Trek, ou seja, Jornada nas Estrelas também virou história.

Globalização ou Americanização? Afinal de contas, algum dos nomes citados foi “globalizado” numa língua que não o inglês? Ainda bem que Akira é o mesmo em japonês e em inglês, senão até isso mudaria pra “James”. Se bem que há rumores de que no eventual rumor os nomes serão modificados, não? Medo disso. Medo dessa Americanização que apaga a história sem dó nem piedade.

Nunca fui fã assíduo de Jornada nas Estrelas, mas gosto da série clássica e assisti a todos os filmes. Quando a imagem da nova USS Enterprise surgiu, pensei em escrever algo falando sobre a importância dela e comentando a experiência de ver um ícone recriado, porém, nada do que eu disser vai ser tão relevante e real quanto a opinião de um dos melhores jornalistas especializados do Brasil, especialmente quando se fala na criação de Gene Roddenberry. Então, com vocês, Paulo Gustavo Pereira, diretor de redação da Sci-Fi News e um dos grandes responsáveis pela história de Jornada no Brasil!

Eu gostei! =D

Colírio para os olhos, principalmente para os fãs da primeira geração de Jornada nas Estrelas, como eu, que ficaram impressionados com o trabalho de Matt Jefferies ao construir aquela fantástica nave estelar. Mesmo com algumas sutis mudanças nas naceles de propulsão, a nova Enterprise não deve fazer feito na tela. A grande expectativa, com certeza, é se o filme vai respeitar a Série Clássica e os Fãs… mas isso é outra história.
– Paulo Gustavo Pereira