Posts com Tag ‘Entrevista’

nimoy

Leonard Nimoy, Jamie Foxx são os entrevistados do segundo capítulo do SOS Hollywood versão PodCast. Confira comentários sobre UP – Altas Aventuras, 24 Horas, House e The Big Band Theory.

Terremotos, finais de temporada, filmes maravilhosos e péssimos, tudo isso aconteceu nessa semana. Então lá vai mais uma edição do SOSCast, com entrevistas em áudio com Leonard Nimoy e Jamie Foxx, além de trilha sonora do próprio Nimoy, Survivor e uma surpresa saída da trilha de Finding Forrester.

(mais…)

Anúncios

defiance_02

Edward Zwick revigora gênero dos filmes sobre Holocausto com coragem e grande elenco.

Se contada diversas vezes, e com convicção, uma mentira pode se tornar uma verdade. Se contada do mesmo jeito, ao longo de mais de 60 anos, uma história pode se distanciar de seu momento de inscrição e perpetuar apenas uma versão dos fatos. Seguido pela invasão da Normandia no Dia D, o Holocausto é o segundo assunto mais retratado em filmes sobre a Segunda Guerra Mundial, porém, diferente da pluralidade de aspectos abordados nos longas e séries militarizados, o extermínio dos judeus via suas pessoas modificadas, mas sempre sob o mesmo ponto de vista: do sofrimento e morte. Edward Zwick desafia esse estereótipo com Um Ato de Liberdade(Defiance), que revigora os filmes do gênero com a ajuda de Daniel Craig e Jamie Bell.

(mais…)

Zachary_03_002_v01

Agora que Sylar encontrou seu caminho, não há mais volta para ele.
– Zachary Quinto

Disparado um dos melhores atores do elenco de Heroes, Zachary Quinto recebeu o SOS Hollywood para uma entrevista exclusiva para falar sobre Spock, Sylar, amizade com Leonard Nimoy e contar um pouco mais sobre o homem por trás de dois dos personagens mais comentados nesse ano. Afinal, Sylar é vilão ou herói? E como o novo Spock encara seu papel em Star Trek?
(mais…)

Zachary_03_002_v01

Agora que Sylar encontrou seu caminho, não há mais volta para ele.
– Zachary Quinto

Disparado um dos melhores atores do elenco de Heroes, Zachary Quinto recebeu o SOS Hollywood para uma entrevista exclusiva para falar sobre Spock, Sylar, amizade com Leonard Nimoy e contar um pouco mais sobre o homem por trás de dois dos personagens mais comentados nesse ano. Afinal, Sylar é vilão ou herói? E como o novo Spock encara seu papel em Star Trek?
(mais…)

dsc04777

Cobrir a Comic-Con 2008 criou vários momentos inesquecíveis na minha memória, porém, entrevistar Frank Miller foi o maior de todos, acredito. Um dos fatores, claro, foi a organização. Essa foi uma das poucas entrevistas que aconteceram com calma naquela semana maluca. Watchmen, Push e Knowing foram tão confusas e barulhentas que transcrever as entrevistas foi um inferno depois. Enfim, lá estava eu, sentado ao lado de Miller, autor da primeira graphic novel que li na vida, O Cavaleiro das Trevas, e da animalesca 300.

(mais…)

odette_yustman-552x368

Para quem gosta de terror, e moças bonitas, a opção é clicar nesse link aqui e ler a crítica de Alma Perdida (The Unborn), que está nos cinemas, e entrevista com Odette Yustman, a estrela do elenco. Não achei tão ruim não. O terror pode estar indo bem em número, mas qualidade dos filmes é coisa rara. Ainda quero ver Quarantine, mas sem muita esperança.

Estou resistindo um pouco para fazer a crítica de The Last House on the Left, que teve aval do Wes Craven. É tão ruim que gera um verdadeiro pavor. Gosto do Craven, mas esse filme, que é remake de homônimo de 72, deu vergonha. Quer dizer, tem mortes grotescas e malucas, mas é tudo tão sem propósito que perde força. Depois falo dele com mais calma.

gaiman_buttons

Definitivamente, existe esse tema na minha obra ficcional que possibilita ao personagem atravessar um portal e chegar a outro lugar que, embora semelhante ao nosso, seja totalmente diferente – Neil Gaiman

Entrevistar Neil Gaiman sempre foi um sonho. Livros como Deuses Americanos, Os Filhos de Anansi e o desbunde visual de Stardust, ao lado de Charles Vess, foram alguns dos títulos que marcaram minha vida e carreira, isso sem contar Sandman. Tudo, claro, por conta do jeito como Gaiman consegue retratar o mesmo tema (na maioria dos casos) com vitalidade e maestria. Confesso que quando recebi o email convidando para a junket de lançamento de Coraline fiquei bastante ansioso, afinal, Neil Gaiman estava entre os presentes e, se fosse aprovado, realizaria mais um sonho.

(mais…)