Arquivo da categoria ‘Comportamento’

Pessoal, agora é oficial! O SOS Hollywood mudou de casa!

O novo endereço é www.soshollywood.com.br (o .com também vai funcionar assim que o redirecionamento estiver completo).

Atualizem seus bookmarks, avisem aos amigos e, por favor, ajudem a divulgar. Participem dessa nova empreitada, totalmente nova e com tudo para dar certo! =D

Grande abraço a todos e Obrigado pela Presença!
– Fábio M. Barreto

Sem sucesso no Congresso, medida que tentava prorrogar o fim das transmissões analógicas define o novo momento da TV norte-americana.

Há anos os americanos vêm se preparando para um grande passo tecnológico em termos de transmissão televisiva. Com a franca expansão dos aparelhos de alta definição e a entrada das operadoras na era digital, faltava um último golpe: a transição final para o sinal digital. A data marcada é 17 de fevereiro, quando todos os canais de TV serão obrigados por lei a desligar seus transmissores analógicos – em operação desde a invenção da televisão.

(mais…)

Cresci com o surgimento da Globalização, a grande integração mundial, do globo terrestre. Hoje, por conta dessa mesma globalização, uma parte da cultura morreu. Pelo menos no que diz respeito à memória da minha geração:

– Não existe mais Guerra nas Estrelas (agora é Star Wars), Moranguinho virou Strawberry Shortcake, He-Men não luta mais ao lado dos Mestres do Universo, mas dos Masters of the Universe e o Mentor passou a ser chamado Man-at-Arms (nome original). Para sacramentar a coisa toda, o próximo filme estrelado pelo Capitão Kirk é oficialmente Star Trek, ou seja, Jornada nas Estrelas também virou história.

Globalização ou Americanização? Afinal de contas, algum dos nomes citados foi “globalizado” numa língua que não o inglês? Ainda bem que Akira é o mesmo em japonês e em inglês, senão até isso mudaria pra “James”. Se bem que há rumores de que no eventual rumor os nomes serão modificados, não? Medo disso. Medo dessa Americanização que apaga a história sem dó nem piedade.

Como diria meu amigo Rob Gordon, a Humanidade não deu certo. E aqui vai mais uma prova de que essa máxima é mais do que verdadeira. Klaatu, por favor, não reprima o Gort em dezembro, deixe ele fazer a faxina no planeta!!! Não bastava os anos 80 terem existido musicalmente, ainda seremos assombrados pelos subprodutos daquele período assustador – mas não sombrio, afinal, tinha neon para tudo quanto era lado – cheio de gente esquisita.

Aperte o play por sua conta e risco! É um vídeo que ensina a dançar Thriller, de Michael Jackson.

Roteiro de Blade Runner II está quase pronto! Agora é rezar para São Sinfrônio e ver no que vai dar!

Essa é uma daquelas notícias difíceis. Não dá para saber se é boa ou ruim, mas nunca se sabe. Mas tem gente mexendo em Blade Runner, um dos maiores filmes de ficção científica de todos os tempos, então é bom ficar de olho.

Não é segredo que o produtor veterano Bud Yorkin, que produziu Blade Runner – O Caçador de Andróides, de Riddley Scott, quer fazer uma seqüência para o filme. Entretanto, o SOS Hollywood conseguiu uma atualização do projeto com exclusividade. Desde 2006, os roteiristas John Glenn e Travis Wright (Controle Absoluto) estão envolvidos em diversos tratamentos de roteiro para a continuação. Embora minha fonte não possa confirmar, a versão atual da história está muito próxima do que Yorkin quer levar os cinemas.

Recentemente, Yorkin participou de uma série de reuniões com a The Third Floor (onde metade da equipe que fez os efeitos de A Vingaça dos Sith trabalha depois de ter concluído o filme), empresa de pré-visualização, ou previs (uma espécie de storyboard 3D), para elaborar as seqüências em que Deckard persegue um dos replicantes e uma das cenas de combate espaciais nas colônias espaciais, onde a história deve se passar. Só por esse detalhe já dá para esperar mais ação e elementos futuristas. Há rumores de que um modelo em 3D de uma das naves já esteja pronto.

Minha fonte informa que Yorkin ficou altamente impressionado com as possibilidades da previs para evitar atrasos e refilmagens desnecessárias como aconteceu no primeiro filme. Se conseguir luz verde para o projeto, Yorkin já deixou claro que pretende contar com as estrelas Harrison Ford, Hutger Hauer e Daryl Hannah. Ford já falou que volta, quando o entrevistei no começo do ano, então tudo pode acontecer.

Se for bom ou ruim, só o futuro vai dizer! Os roteiristas são bons, nerds de carteirinha e tem um baita respeito pela obra e o produtor é o mesmo do primeiro filme, então, não fico tão apavorado quanto deveria. Mas ainda dá medo, ô se dá!

Em breve, mais informações! Quebra tudo Deckard!

Aproveitando, eu não gostaria de ver um novo filme, pois acho muito arriscado. E vocês? Opinem no nosso fórum aí embaixo!

==

ATUALIZAÇÃO
Como um site gringo publicou a matéria – 12 horas depois que o SOS Hollywood deu o furo – e parece não ter as informações completas, aí vai mais um dado que é 100% apurado e correto. Os roteiristas envolvidos foram pagos integralmente pelo trabalho desde 2006, logo, já há investimento, mesmo que pequeno e todo saído do bolso de Yorkin. Logo, não estamos falando apenas de uma idéia ou tentativa, mas de algo que Yorkin pensa em fazer desde 1997, quando mencionou o assunto pela primeira vez.
Ah, esses gringos! hehehe!

Aquela crítica social feita pelo Dr. Seuss em O Grinch pode até parecer uma coisa pontual e focada no maior de todos os feriados em termos comerciais, mas, muito mais do que a tradição brasileira permite, o surto consumista imbuído na comunidade norte-americana é muito mais absurdo do que a gente pensa! Por que isso? Hoje é Dia do Trabalho, feriado, mas todas as lojas estão abertas, afinal, descontos e promoções são a ordem do dia!

(mais…)

CALABASAS (CA) – Terminou há alguns dias um dos leilões nerds mais cobiçados da Costa Oeste, o Profiles in History. A cidade de Calabasas recebeu colecionadores abonados de todas as partes do país para disputar itens originais utilizados em filmes com Guerra nas Estrelas, De Volta para o Futuro e, claro, James Bond. Todas aquelas coisas maravilhosas que sonhamos em ter, mas, como nerds pobretões e não-milionários, a gente se contenta em ficar babando, né?

A venda mais cara do evento foi o TIE Fighter original utilizado em Guerra nas Estrelas: Uma Nova Esperança. O caça imperial foi vendido pela bagatela de US$ 402,5 mil (algo em torno de R$ 608 mil), o preço de uma casa média em Los Angeles e, claro, uma senhora mansão em São Paulo. Sou fanzaço do filme, agora, meio milhão num Tie Fighter? Ok, quem estou querendo enganar? Se eu tivesse, eu comprava! =D

Entre os outros itens, fiquei empolgado com as Tábuas dos Dez Mandamentos originais carregadas pelo Charlton Heston depois que ele fumou um base… oops, viu a moita em chamas e falou com o Todo-Poderoso. o_O. O site Triviamania comprou as plaquetas por singelos US$ 69 mil. Barato, né?

O próximo leilão da Profiles in History acontece em dezembro e acho que vou até lá conferir os ricaços saindo no tapa pelos colecionáveis. Confira a lista das aquisições mais curiosas do leilão. E haja dinheiro, meu povo! Enquanto isso, eu virei o maior consumidor de frango da Costa Oeste. É barato e rende bastante!

US$ 75 mil – manuscrito autografado por Ian Fleming sobre o filme Moscou Contra 007. Esse á para esfregar na cara dos amigos!

US$ 60 mil
– Velociraptor animatronic em tamanho real de Jurassic Park III. Esse é para colocar na porta e matar aquela tia chata do coração! Ah, o T-REX em escala real foi vendido por US$ 55 mil. Imaginou ter os dois no quintal?

US$ 64 mil
– o skate magnético original de Michael J. Fox em De Volta para o Futuro II e III. Ele não funciona, ok!?

US$ 58 mil – roupa de Demolidor usada por Ben Affleck, com suor original. Para quem tem tara por couro, é item obrigatório no armário! Haha! Val, pediram pra te avisar que tem mais uma no estoque!

PÁCABÁ!
US$ 26 mil – o Santo Graal de Indiana Jones e a Última Cruzada (o burraldo aqui tinha escrito errado. Tooooooooooma eu!)! Não, ele não garante vida eterna e não cura ferimentos a bala. Funciona apenas com o Sean Connery, Dercy Gonçalves tentou, mas escolheu o Graal errado!