Hellboy II

A Universal Pictures começa a se mover com força e impacto em 2008. A primeira grande notícia é a assinatura de um contrato de 3 anos para produções conjuntas envolvendo todos os personagens da Dark Horse Comics e possíveis adaptações para cinema, TV e DVD. Um dos motivos do contrato é a proximidade com o lançamento de HellBoy 2: The Golden Army, dirigido por Guillermo Del Toro, e a possível exploração do personagem que já fez sucesso com seu primeiro filme, mas foi produzido pela Revolution.

De acordo com o presidente e fundador da Dark Horse, Mike Richardson, o fato de vários projetos já terem sido bancados pela Universal e o desejo de terem uma “casinha” para seus produtos foram fundamentais para fechar o acordo. Quem não vai ficar feliz com a história são os outros estúdios que já assinaram co-produções com a DH, como a Warner, que já emplacou filmes como 300 e O Máscara; a Sony, dona de 30 Dias de Noite; e a Fox, que bancou Alien Vs. Predador. O mais preocupante no momento é a história da continuação para 300, já mencionada por Mark Canton aqui, mas que estava vinculada diretamente à Warner. Embora não exista no formato quadrinho, esse novo filme ainda pode mudar de mãos graças a contratos de direitos autorais e patentes ligados à DH. Fiquemos de olho.

Outra faceta do acordo são os projetos diretos para DVD, que também serão distribuídos pelo braço de home entertainment da Universal. O interessante é que, agora, ninguém mais chega perto dos trabalhos de Neil Gaiman, Frank Miller, Mike Mignola, Gerard Way e Will Eisner. Pelo menos pelos próximos 3 anos. Planos para TV também estão incluídos, mas nada anunciado.

Enquanto isso, no Brasil, é cada vez mais próximo o momento da separação entre Paramount e Universal. As empresas terão seus braços cinematográficos oficialmente encerrados em novembro desse ano e, em 2009, a Universal Pictures passa a trabalhar autônoma em território brasileiro, o que pode ser uma boa notícia para o consumidor final, uma vez que, com mais um “competidor”, o mercado precise se mobilizar para não perder terreno.

A cisão é estruturada e vem acontecendo nos últimos anos. Sem motivo de pânico para a Paramount, que está bem das pernas esse ano, especialmente com o sucesso de Cloverfield e os blockbusters Indiana Jones IV e Homem de Ferro. Ela briga com ela mesma no quesito grandes heróis do ano. E tem um line up de fazer inveja. Grande ano para a companhia.

Anúncios
comentários
  1. {Yusuke} disse:

    parece muito, mas 3 anos pra filme é pouco a não ser que va botar as perolas da dark house em baixo orçamento…
    pergunta 1: tem como com isso eles fazerem filmes do conan, ghost in the shell, rocketeer e xena, (oO)já que todos são propriedades de alguma forma da DH?
    Pergunta 2: porque não na obra do gaiman, ja que ela ta espalhada entre a Vertigo(DC), Marvel, Image e dark house?

  2. Guto disse:

    Por que diabos ninguém me explica o que carvalhos é Supernatural? =DDDD

  3. Barretão disse:

    @ Yusuke

    Em três anos dá pra fazer uns 3 ou 4 filmes, se encontrarem produtores dispostos e com grana. Mas ninguém falou em nomes ainda. Eu acho que é só um primeiro momento pra ampliar depois, seria o mais lógico.

    Pergunta 2: por obra dos caras entenda “obra dos caras PUBLICADA pela DH”.

    @ Guto
    Supernatural é o universo onde o Hellboi vive com a Hellvaca! 🙂

  4. Nando disse:

    vixeeeee

  5. […] (queria ver se o que o Barretão tinha respondido algo quando eu o chamei de emo! =D), notei um nesse post, ainda não aprovado (eu posso ver, tá? =D) de um tal de Gross, citando um artigo da SET Online […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s